Jogue Blackjack Online Grátis

  • Análise: leitura de Luís Castro e brilho de Patrick de Paula conduzem Botafogo à vitória sobre o Fortaleza
    Vitor Silva/Botafogo

    A vitória demora, mas vem. No terceiro jogo como mandante no Campeonato Jogue Blackjack Gratuitamenteeiro, o Botafogo, enfim, presenteou a torcida com uma vitória. Em um jogo muito disputado e com dois gols no apagar das luzes, venceu o Fortaleza por 3 a 1 de virada. O Glorioso jogou todo o segundo tempo com a vantagem de ter um jogador a mais, mas encontrou muita dificuldade e chegou a ver o adversário melhor em campo. No fim, as substituições e mudanças táticas de Luís Castro fizeram a diferença.

    Depois de rodar o elenco no jogo de quinta-feira, o treinador voltou a usar o time principal neste domingo. Titular contra o Flamengo, Lucas Fernandes ganhou sequência na busca por um setor de meio-campo mais dinâmico. A dor de cabeça do treinador continua sendo o lado direito do ataque alvinegro. Sem Gustavo Sauer e com as atuações apagadas de Lucas Piazon, Victor Sá foi deslocado para a posição, abrindo espaço para a entrada de Diego Gonçalves no lado esquerdo. A presença do destro Victor na direita ofereceu mais profundidade no setor, muito dependente das descidas de Saraiva.

    Análise Botafogo x Fortaleza

    O Fortaleza chegou como lanterna do campeonato, ainda sem vencer no Jogue Blackjack Gratuitamenteeirão. Dividido entre a Série A, Copa do Jogue Blackjack Gratuitamente e Libertadores, o time ainda sofre para provar que tem elenco para encarar todas as competições. Depois de um ano de trabalho de Juan Pablo Vojvoda, organização tática não falta ao Leão do Pici. A partir da definição e clareza das funções a serem executadas em campo, a equipe tem como característica um jogo de transição com passes rápidos e muita movimentação.

    Desde os primeiros minutos, ficou claro que o lado esquerdo do sistema defensivo adversário era o caminho para o Botafogo criar ofensivamente. Por ali, Lucas Crispim recompunha com menos intensidade e Brayan Ceballos mostrava dificuldades no enfrentamento com Victor Sá. Conforme o esperado, o Glorioso começou com o domínio da posse de bola, alto índice de acerto nos passes, mas com dificuldades em criar desequilíbrios no campo de ataque.

    O adversário focou em um jogo vertical, explorando o espaço deixado pela marcação alta do Botafogo. A organização defensiva em 3-4-1-2 do Fortaleza apresentou um cenário diferente para o time de Castro e trouxe dificuldades para o ataque alvinegro. A melhor chance do Glorioso na primeira metade da etapa inicial foi com Victor Sá, em lance paralizado posteriormente por impedimento no começo da jogada. Aos 13 minutos, o Tricolor encaixou boa descida pelo lado esquerdo que culminou em bola levantada na área e gol de Moisés. Na jogada, Daniel Borges vacilou por falta de atenção na linha de impedimento e deu condição legal ao ataque.

    O Botafogo sentiu o gol. A tensão que emanava das arquibancadas do Nilton Santos contaminou os jogadores. O resultado foram erros de fundamentos e excesso de individualidade para resolver as jogadas. Diante do descontrole emocional dos jogadores alvinegros, o Fortaleza tentou controlar as ações e tirar a velocidade do jogo, mas esbarrou também em lances que mostraram falta de concentração de alguns jogadores. Em um intervalo de dez minutos, Ceballos recebeu dois cartões amarelos e foi expulso. Logo em seguida, aos 41 minutos, Erison voltou a balançar as redes no campeonato e empatou o jogo após cruzamento de Cuesta.

    Com um jogador a mais, o Glorioso conseguiu focar novamente no jogo e tomar conta do jogo. Tchê Tchê teve ótima chance para virar o jogo ainda no final do primeiro tempo. Um número que ilustra a virada de chave da equipe é o de desarmes: dos 12 que o Botafogo conseguiu no primeiro tempo, seis foram nos minutos finais. Mas havia a percepção de que seriam necessárias mudanças para que o time buscasse a vitória na segunda etapa. Lucas Fernandes foi muito discreto e a equipe precisava de jogadores mais agudos para acuar o adversário em seu campo.

    Contudo, Castro voltou do intervalo sem alterações, enquanto Vojvoda reorganizou seu time com a entrada do zagueiro Titi. O Fortaleza cresceu e passou a levar perigo ao gol de Gatito. Com a defesa adversária recomposta, o Botafogo voltou a encontrar dificuldades para entrar na área adversária. Depois de 12 minutos de um Fortaleza melhor em campo, o treinador português escolheu Chay para substituir Lucas. Mudou também o posicionamento de Victor Sá e Diego Gonçalves, invertendo os lados. Mas a organização que sobra ao time cearense, fruto de um trabalho duradouro, ainda falta ao Botafogo para sair de situações complicadas.

    A vantagem numérica de contar com um jogador a mais não foi vista no segundo tempo. O Botafogo não conseguiu tabelas, triangulações e jogadas de linha de fundo para criar situações de gol. As duas oportunidades de gol que o time teve com Erison terminaram com a marcação de impedimento. Patrick de Paula entrou no lugar de Tchê Tchê para tentar ser mais um jogador a encostar no ataque e chegar como elemento surpresa na área. Hugo e Vinícius Lopes foram as opções para “desentortar” o time e explorar melhor as laterais. Jogando improvisado na lateral-esquerda, Daniel Borges tende a buscar a diagonal para o centro do campo e pouco chega à linha de fundo para cruzar.

    Análise Botafogo x Fortaleza

    Apesar das dificuldades, a virada veio. E começou em um lance de dois jogadores que vieram do banco. Vinícius Lopes encontrou bom passe e PK arrancou em direção ao gol até ser parado com falta. A jogada mostrou a principal diferença entre o camisa oito e Tchê Tchê. Patrick de Paula tem força para carregar, tentar o drible, arriscar um chute de fora da área. Tchê Tchê é, como Oyama, um passador, distribuidor de bola para acionar seus companheiros. As funções podem ser complementares ou podem servir ao time em diferentes cenários. Interessante destacar que o Botafogo tem opções no elenco para mudar o jeito de jogar conforme as condições de cada jogo. O próprio Patrick bateu e contou com desvio na barreira para vencer o goleiro Marcelo Boeck.

    Daniel Borges, jogando como lateral-direito, ainda selou a vitória que levou o Botafogo ao quarto lugar do Jogue Blackjack Gratuitamenteeirão, com 11 pontos. Agora, o Glorioso viaja até Belo Horizonte para enfrentar o América, no próximo sábado (21), às 21h. Enquanto a semana do Alvinegro será livre para treinamentos e descanso, o Coelho viajará para a Colômbia em compromisso pela Libertadores.

    Números do jogo: (Footstats)

    Posse de bola – BOT 61% x 39% FOR
    Passes certos – BOT 447 (92%) x 214 (81%) FOR
    Finalizações – BOT 9 (4 no gol) x 11 (4) FOR
    Assistências para finalização – BOT 5 x 5 FOR
    Desarmes – BOT 19 x 14 FOR
    Interceptações – BOT 5 x 5 FOR
    Rebatidas – BOT 19 x 32 FOR
    Cruzamentos – BOT 3/20 (15%) x 0/8 (0%) FOR
    Lançamentos – BOT 14/27 (52%) x 15/35 (43%) FOR
    Viradas de jogo – BOT 4 x 1 FOR
    Dribles – BOT 8 x 4 FOR
    Perdas de posse de bola – BOT 37 x 18 FOR
    Faltas – BOT 14 x 14 FOR

    Fonte: Redação FogãoNET

    Notícias relacionadas
    Próximas notícias
    Jogos de azar Futebol Interior: O maior portal do Poker Online com Dinheiro Real brasileiro!Valor das apostas da mega sena Ganhe dinheiro ao lado Bacará Online Dicas de apostas de futebol Conselhos sobre apostas de futebol Palpites de Hoje Formas de ganhar dinheiro online Poker online Aplicativos de Apostas Bingo Online Jogo do galo Apostas internacionais de futebol Placar de futebol jogos de hoje Prévia de apostas de futebol Preço mais recente do Bitcoin Apostas em tempo parcial google ganhos online Roleta brasileira Preço mais recente do Bitcoin Lucros das apostas esportivas Prognósticos de futebol Liga Espanhola Jogos de roleta grátis Jogo da roleta que ganha dinheiro Aplicações para fazer dinheiro Caça-Níqueis Online Bet365 apostas Jogo do flamengo